• Mila Maia

Lançamentos: Rónán Ó Snodaigh "Tá Go Maith"



No começo deste mês de agosto, Rónán Ó Snodaigh lançou seu novo álbum “Tá Go Maith”. Um álbum com o estilo totalmente diferente do que esperamos ou conhecemos do Kíla, banda na qual é membro há mais de trinta anos. Bem...não diria totalmente diferente assim. De cara parece algo muito distinto, mas a sonoridade meio “minimalista” e com um ar de trilha sonora ainda continua ali. Com um jeito muito peculiar de cantar, ainda mais nos padrões de música cantadas em gaélico irlandês, Rónán normalmente traz um ar percussivo e ao mesmo tempo extremamente suave na sua voz. E nesse álbum parece que ele explorou muito bem essa suavidade.

O novo trabalho conta com a produção e colaboração de Myles O’Reilly, também conhecido como ‘Indistinct Chatter’, um filmmaker conhecido na cena musical da Irlanda que também é músico. O’Reilly brinca com sintetizadores em todas as faixas, trazendo harmonia, texturas e timbres que se encaixam perfeitamente com o violão dedilhado e com o bodhrán de Rónán.


O videoclipe da faixa “Tá Go Maith” foi lançado nesta última semana e é cheio de pedacinhos de momentos da vida de Rónán. O’Reilly, produtor do vídeo, pegou trechos de vídeos do celular e do Instagram e transformou tudo em um belo clipe.


“No video de ‘Tá Go Maith’ eu quis que as pessoas vissem o Rónán que eu conheço. Um pai, um marido, um irmão, um amigo de tantos, um músico dedicado e principalmente, uma das pessoas mais positivas que eu conheço. Está tudo alí”. O'Reilly

Original: “In the video for ‘Tá Go Maith’ I wanted people to see the Rónán that I know. A dad, a husband, a brother, a friend to many, a hard working musician and most of all one of the most energetic and positive people I know. It’s all there.” O'Reilly

O álbum de 9 faixas foi gravado no Shell Cottage em Maynooth entre lockdowns e em um momento em que a indústria musical estava - e ainda está- sofrendo grandes mudanças por conta da pandemia. Particularmente, ouvindo esse álbum, sinto uma sensacção de introspecção para todos os artistas envolvidos, algo que talvez não tivesse surgido se fosse lançado em "tempos normais". Este é o sétimo álbum solo de Rónán, e todos se encontram em seu site ou nas plataformas digitais.

26 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo